Show Menu
Cheatography

Física I Cheat Sheet (DRAFT) by

.................................

This is a draft cheat sheet. It is a work in progress and is not finished yet.

Fórmulas

v =

Algarismos Signif­ica­tivos

Número de algarismos que representa a medida em seu valor e em seu grau de precisão.

Para determinar a quantidade de algarismos signif­ica­tivos, utilizamos a notação científica (sem excluir os zeros a direita do numeral), e contamos quantos algarismos compõem o fator em evidência.

Para cálculos, mantém-se para o resultado final o número de algarismos signif­ica­tivos do fator que continha o menor número deles.
Ao dizer que uma medida vale 34,7 cm, admitimos existir uma margem de erro de 0,1 cm, ou seja, a medida se encontra entre 34,6 e 34,8 cm.
Ao dizer que a medida vale 34,70 cm, a margem de erro admitida passa a ser de 0,01 cm, ou seja, a medida agora se encontra entre 34,69 cm e 34,71 cm.

Ordem de Grandeza

Relaci­ona-se não ao número em si, mas a sua repres­entação em potência de base 10.

a ~ 10n
Se 100g ~ 102 e 1000g ~ 103, qual a ordem de grandeza de 500g?
log 10 500 = 2,7
2<< 2,7<3, portanto 500g ~ 103

* Para log 10 a = 2,5, n=2

Ordem de Grandeza

Relaci­ona-se não ao número em si, mas a sua repres­entação em potência de base 10.

a ~ 10n
Se 100g ~ 102 e 1000g ~ 103, qual a ordem de grandeza de 500g?
log 10 500 = 2,7
2<< 2,7<3, portanto 500g ~ 103

* Para log 10 a = 2,5, n=2

Ordem de Grandeza

Relaci­ona-se não ao número em si, mas a sua repres­entação em potência de base 10.

a ~ 10n
Se 100g ~ 102 e 1000g ~ 103, qual a ordem de grandeza de 500g?
log 10 500 = 2,7
2<< 2,7<3, portanto 500g ~ 103

* Para log 10 a = 2,5, n=2

Ordem de Grandeza

Relaci­ona-se não ao número em si, mas a sua repres­entação em potência de base 10.

a ~ 10n
Se 100g ~ 102 e 1000g ~ 103, qual a ordem de grandeza de 500g?
log 10 500 = 2,7
2<< 2,7<3, portanto 500g ~ 103

* Para log 10 a = 2,5, n=2

Ordem de Grandeza

Relaci­ona-se não ao número em si, mas a sua repres­entação em potência de base 10.

a ~ 10n
Se 100g ~ 102 e 1000g ~ 103, qual a ordem de grandeza de 500g?
log 10 500 = 2,7
2<< 2,7<3, portanto 500g ~ 103

* Para log 10 a = 2,5, n=2
   

Primeira Lei de Newton

Um corpo em movimento pode ser observado de diversos sistemas de referê­ncia. A Primeira Lei de Newton, as vezes chamada de lei da inércia, define um conjunto específico de sistemas de referência chamados refere­nciais inerciais. Essa lei pode ser enunciada da seguinte maneira:
Se um corpo não interage com outros corpos, é possível identi­ficar um sistema de referência em que o corpo tem aceleração zero; a este chamamos refere­ncial inercial. Além disso, na ausência de forças externas, um corpo em repouso permanece em repouso, e um corpo em velocidade constante permanece a essa velocidade em trajetória reta.
Um refere­ncial que se ove com velocidade constante em relação a uma estrela distante é a melhor aproxi­mação para um refere­ncial inercial. Para pro´po­sitos gerais, podemos considerar a Terra como um refere­ncial inercial

Primeira Lei de Newton

Um corpo em movimento pode ser observado de diversos sistemas de referê­ncia. A Primeira Lei de Newton, as vezes chamada de lei da inércia, define um conjunto específico de sistemas de referência chamados refere­nciais inerciais. Essa lei pode ser enunciada da seguinte maneira:
Se um corpo não interage com outros corpos, é possível identi­ficar um sistema de referência em que o corpo tem aceleração zero; a este chamamos refere­ncial inercial. Além disso, na ausência de forças externas, um corpo em repouso permanece em repouso, e um corpo em velocidade constante permanece a essa velocidade em trajetória reta.
Um refere­ncial que se ove com velocidade constante em relação a uma estrela distante é a melhor aproxi­mação para um refere­ncial inercial. Para pro´po­sitos gerais, podemos considerar a Terra como um refere­ncial inercial

Segunda Lei de Newton

Uma das implic­ações da primeira lei é que qualquer variação da velocidade v de um corpo (em módulo ou em direção) em relação ao mesmo refere­ncial inercial, ou seja, qualquer aceleração deve estar associada a ação de forças. A Segunda Lei de Newton descreve essa relação a seguir:
F= m . a

Segunda Lei de Newton

Uma das implic­ações da primeira lei é que qualquer variação da velocidade v de um corpo (em módulo ou em direção) em relação ao mesmo refere­ncial inercial, ou seja, qualquer aceleração deve estar associada a ação de forças. A Segunda Lei de Newton descreve essa relação a seguir:
F= m . a
Chamamos de massa inercial o coefic­iente de inércia m associado à partícula sob qual age a força F.